Grandes dicas para a escolha de uma máquina

Quando o assunto é a escolha de uma máquina, novos desafios se colocam à frente deste importante investimento. A vasta gama de marcas, as opções variáveis de um mesmo equipamento – que impacta na versatilidade em seu uso, e claro, o valor envolvido tornam cada detalhe deste processo imprescindível. Obviamente o conhecimento específico das funcionalidades da máquina em questão é essencial para uma compra assertiva. Entretanto há questões transversais que se ligam a escolha de qualquer máquina de grande porte. Para auxiliar na escolha traremos 3 tópicos a levar em consideração na escolha de uma máquina.

 

Preparação

Quando a busca pela aquisição de uma máquina está associada a um projeto específico, é comum que os critérios de compra se foquem numa operação específica. Dentro da análise de custos temos que ter em consideração a relação preço/qualidade, fator que condicionará o lucro do projeto. É um facto que muitas vezes não se justifica uma máquina mais potente do que a necessária para o projeto em questão.

Entretanto é possível evitar um investimento maior, sem com isso subutilizar a máquina e prescindir de todo o seu potencial. Para isso a nossa sugestão é deixar o equipamento preparada para um upgrade. Uma fresadora CNC preparada para o quarto eixo, atentar ao furo da árvore de um torno, ou mesmo, pensar na colocação de réguas digitais em fresadoras convencionais são os exemplos mais comuns de upgrades que num futuro próximo poderá desejar.

 

Robustez

A Robustez é um tópico muito importante. Uma boa estabilidade permite o controle das vibrações, fator diretamente ligado à durabilidade da máquina, à precisão na execução de cada trabalho e também à duração das ferramentas nela acopladas. Um indicador claro sobre a robustez está no peso da máquina e no tipo de fundição.

Independente da função que a máquina irá operar, há outras especificações a ter em conta, como por exemplo, a qualidade e precisão dos fusos dos eixos e as suas guias para uma fiabilidade de precisão.

 

Assistência técnica

A máquina poderá até ser perfeita e podem ter sido tomados todos os cuidados conhecidos para a escolha e ainda os adicionais que citamos acima. Mas mesmo uma máquina de grande resistência poderá precisar de uma manutenção, ainda que preventiva. Neste caso é importante verificar o funcionamento da assistência técnica da máquina e o acesso a peças de reposição, feito diretamente pela marca ou pelo fornecedor.

A qualidade global do equipamento envolve além do material em si, a sua capacidade de funcionamento e suporte a longo prazo. Afinal a que serve uma máquina que não trabalha?

 

Estas são dicas que se servem para todos os tipos de máquinas mas nunca se esqueça que cada tipo máquina tem as suas próprias especificidades e potencial de configuração e upgrades. Não deixe de contactar um técnico especializado em máquinas para lhe auxiliar na escolha mais assertiva.

Menu

Condições da campanha

Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição Condição